PROTEÇÃO QUE VIROU HÁBITO

A máscara tornou-se acessório indispensável na composição do look

mÁSCARA DE TECIDO

 

Em tempos de pandemia, todo o cuidado é importante. O Ministério da Saúde divulgou algumas recomendações para prevenção da doença, dentre elas o uso de máscara para proteger principalmente a boca e o nariz. Essa medida já é obrigatória em diversos estados para circular em vias públicas e em estabelecimentos comerciais.

As máscaras já fazem parte da vida cotidiana em muitos países do Oriente, como Japão e China, onde os habitantes costumam circular normalmente com uso desse acessório por diversos motivos. Seja para não contrair um resfriado, para evitar inalação ao pólen (do qual muitos tem alergia), ou para se proteger do frio. 

Embora nós, brasileiros, não tenhamos a mesma disciplina dos orientais, muitos desconfiam de que o costume de uso das máscaras veio para ficar. 

A infectologista Raquel Stucchi, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), acredita que a nova forma de proteção, poderá também ser utilizada nas épocas de maior circulação de vírus respiratórios, mais comuns nos períodos de clima frio durante o Outono, Inverno e Primavera. “As pessoas já aprenderam como se proteger e vão voltar a usar máscaras nos períodos de clima mais frio e quando surgir qualquer outro vírus”, afirmou a infectologista

“As pessoas já aprenderam como se proteger e vão voltar a usar máscaras nos períodos de clima mais frio e quando surgir qualquer outro vírus” (Raquel Stucchi)

Acompanhando a mudança comportamental e de relações sociais, e também as necessidades de parceiros e clientes, desenvolvemos uma máscara em tecido duplo, 60% algodão e 40% poliéster branca, com colocação de elástico nas orelhas. A produção é feita em oficinas parceiras, tomando todos os cuidados e restrições necessários para a segurança e saúde dos envolvidos.

O tecido é um material maleável que se adere confortavelmente ao rosto. A facilidade do tecido na lavagem faz com que o item seja de longa duração, lavável e reutilizável, ao contrário das máscaras descartáveis.

Recomenda-se fazer uma lavagem antes do primeiro uso, e a indicação de lavagem após o uso é de deixá-la de molho por 20 minutos em uma mistura com 1L de água e 10ml de água sanitária. Em seguida, lavá-la com água e sabão. Após a secagem, recomenda-se passar com ferro quente e guardá-la em local limpo e seco.

Fique ligado nas nossas redes sociais para acompanhar os parceiros revendedores da máscara de tecido.

Queremos saber sua opinião!